Comunicação: Aprendendo com Chico Buarque

Comunicação é o ato de emitir e receber uma mensagem.
Esta codificação de troca de informações é o cerne da aprendizagem.

Pois bem, se a comunicação é falha alguém ou algo vai sair prejudicado, pois não houve um processo de retroalimentação capaz de orientar as pessoas envolvidas.
Uma das grandes dificuldades das empresas é manter a comunicação interna e externa.

Quando falamos em “interna” significa poder dialogar com os funcionários e todos os departamentos, de modo que, todos mantenham-se informados sobre os objetivos da empresa, as dificuldades e problemas dos funcionários e sobre em como captar e gerenciar melhor o conhecimento produzido na organização.

“Externa” significa comunicar a empresa e os benefícios dos produtos muito bem aos consumidores e receber e gerir o feedback deles a ponto de transformar estas sugestões, reclamações e comportamentos a favor de uma melhoria para eles e em novos produtos.

E o que isso tem a ver com o Chico Buarque?

Francisco Buarque de Holanda é um dos principais compositores do Brasil. Na época da Ditadura Militar muitas músicas foram censuradas pelo governo por serem consideradas subversivas.
Mas a classe artística precisava levar através da música uma comunicação ou mensagem ao povo para que os mesmos pudessem se unir e derrubar o regime.

Para não ter suas músicas censuradas, precisou-se INOVAR e ser inteligente o modo em como entregar a mensagem sem transparecer o significado ao pé da letra da intenção.

Vamos usar como exemplo a música “Cálice” de Chico Buarque e Gilberto Gil.
Utilizando a passagem bíblica da crucificação de Cristo no momento em que Jesus como homem sentiu o peso do fardo ele disse a Deus:
- Pai se for possível afasta de mim este CÁLICE.

Ou seja, o cálice de sangue de dor.

Os compositores inovaram no sentido de se escutar e transmitir o som de CALE-SE.

Pai afasta de mim este CALE-SE de vinho tinto de sangue
(A censura da Ditadura)
…..
Assim a música vai denunciando o governo e a opressão aos cidadãos.

Mesmo na dificuldade a custo até da morte, ele entregou a mensagem e o povo captou.
Entregou a mensagem ser perder a beleza e a poesia.

Isso nos mostra que se de repente a comunicação da empresa não está sendo percebida, notada ou difícil de comunicar, a empresa deve inovar.
Abandonar os velhos hábitos e convicções e propor uma nova linguagem.
Esta nova abordagem deve ser descodificada e percebida por todos.

Veja o vídeo abaixo, nesta versão a mesma música foi proibida, mas eles inovaram novamente para transmitir a mensagem.

Esta é a versão original.

Sem comunicação não se chega a lugar nenhum.

Descubra se a comunicação do produto ou interna está sortindo efeitos. Se não, INOVE…mas Comunique porque se em plena Ditadura e Censura o Chico comunicou, sua empresa não vai comunicar?

Maurílio Santos Jr

Compartilhe