O Paradigma da Educação nas Redes Sociais

Fomos formados e ensinados para uma sociedade do diploma. Este canudo “qualifica” e mostra o “potencial” de uma pessoa.
Quanto maiores as credenciais (Graduação, Pós, MBA…) mais “conhecimento” e “capacidade” a pessoa deverá possuir.
Somos avaliados por uma nota de 0 a 10 respondidos em perguntas alternativas ou múltipla escolhas.
Temos a percepção que as soluções só vem e ocorrem dentro destes espaços chamados salas de aula.

Assim, separamos as pessoas com o IBGE e o Banco Mundial por grau de instrução e produzimos grupos de “burros” e “CDF”. “Analfabetos” e “Letrados”.
Excluímos da sociedade os não possuidores de canudo, afinal, não sabem nada e não tem potencial para nada.
Jogamo-os em trabalhos de canaviais, braçais ou aqueles que não exigem algum tipo de “raciocínio”.

O modelo tradicional de aprendizagem é de fora para dentro da pessoa, de modo que, depositam informações na nossa mente como uma programação de um robô e esperam as mesmas respostas e conclusões que foi depositado como uma cópia.

Em resumo, as coisas são impostas!
As pessoas não são resistentes a mudanças, mas sim, a imposição.

Professor ensina.
Educador aprende.
Existe uma enorme diferença entre ambos.

A educação ou a aprendizagem é plural. Acontece se tiver mais de uma pessoa. Cada pessoa tem uma experiência individual com uma situação, imagem, tema e a partir do compartilhamento e interação com o outro acontece.
As soluções estão a nossa volta, no Interior de nós.

“A imaginação é mais importante que o conhecimento”. Albert Einstein
Ela nasce primeiro e ninguém ensina ou impõe.

Por que as crianças na escola só gostam e esperam ansiosamente pelo recreio ?
Elas não falam sobre a matéria da sala de aula que horas antes “aprenderam”, mas necessitam se socializar e contar para os outros suas experiências e desejos individuais, ou seja, querem interagir uma com as outras e compartilhar… Querem redes.

O conceito já começa estranho.
Grade Curricular. Grade é para prender pessoas.
Quem foi que disse que toda criança precisa estudar 2 horas por dia a matéria (x) ?
Quem foi que disse que se deve ter 20 minutos de recreio e 4 horas de aulas por dia ? Aonde está escrito que deve ser assim?
MEC ? Um grupo controla a educação ? Serve pra que isso ?

” A escola deve se adaptar ao aluno e não ao professor”. B.R
As escolas tradicionais e universidades deveriam acabar. Elas fazem as pessoas desaprenderem.
Formam um rebanho de gados.

Em grupos, são impostos valores e crenças individuais dos seus donos como meio de “catequisação” e domínio.

A educação não pode ser um padrão igual à todos e imposto.
Cada pessoa tem uma realidade de vida diferente de acordo com sua região, país, meio social, bairro etc…

Você acha que um jovem de periferia pode ter interesse por um dígrafo?

Assim cada um desenvolve um olhar e potencial de acordo com o seu meio e suas experiências individuais.
Não está no canudo ou na nota de 0 a 10 o potencial. Está dentro de nós.

Daí o conhecimento nasce de dentro pra fora e precisa da rede para ser espalhado, potencializado e cruzado na troca com o outro para gerar inovações.
Isso produz uma Teia ligada a vida.

A sociedade tem produzido grupos de conhecimentos ao invés de redes de conhecimentos.
A rede é livre, auto ditada, autônoma e enxerga o ser humano e não o indivíduo. Não vê diplomas, credenciais e lado social. Não divide pessoas.

Hoje com a ferramenta internet o conhecimento em forma de conteúdos disponíveis tornou-se livre e libertário. Qualquer um pode estudar o que quiser. Ter acesso a qualquer informação.

O Wikileaks é o site que publica informações confidenciais dos governos. A sociedade quer transparência, acesso e não ocultismo.

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina

Este vídeo é o exemplo do Educador, Ativista Indiano e Fundador da Barefoot College Sanjit “Bunker” Roy.
Ele construiu em uma favela (vilarejo) na Índia uma universidade sem professores e diplomas.
Os próprios alunos eram professores e aprendizes e o resultado disso foram:
1) A Universidade ganhou o prêmio de melhor arquitetura do prédio construído por não engenheiros.
2) É o maior polo de energia solar
3) Tecelãs, Dentistas
3) E o resto veja no vídeo.

Compartilhe