VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA

Bruce Springsteen cantando ontem “Viva a Sociedade Alternativa” não só chacoalhou e arrepiou a platéia do Rock in Rio 2013, mas provocou em todos nós aquilo que Raul Seixas queria provocar quando compôs esta música em 1974 com Paulo Coelho, ALTERNATIVAS-MUDANÇAS.

Precisamos gostar, amar, testar e criar alternativas, mudanças, reinvenções se quisermos evoluir com a sociedade, empresas e formas de trabalho.
Uma sociedade alternativa não é um grupo de porras locas, mas de fazedores de mudanças para a diferença positiva.

Mas mudança só acontece com atitude, quem gosta de assumir riscos, arriscar, se responsabilizar.

O que é ser normal? O que a normalidade pode te beneficiar ou me cite algo de impacto feito pelos normais?

Notem no quadro abaixo. Na figura (A) e (B), centralização e descentralização hierárquica representa como hoje 99% da sociedade, empresas e demais organizações estão arranjadas.
Você consegue ver “ALTERNATIVAS”?

Na figura (C) representa o arranjo em rede, ou seja, sem hierarquia e todos conectados sem intermediários. Consegue ver mais caminhos e “ALTERNATIVAS”?

paul baran

O salto quântico da sustentabilidade e inovação se dará a partir de uma sociedade alternativa em que a cultura do Guru, Líder, Papa ou dependência de “1 iluminado” seja desconstruído do nosso meio e mente. Fomos ensinados a sermos guiados pelos líderes, e esta dependência nos condicionou a abandonar nossas opiniões, escolhas individuais e criação de alternativas para o pensamento coletivo. Viramos um rebanho de gados bovinos.
Temos que reaprender a guiar, usar o feeling, coragem e a partir das aprendizagens mútuas, co-criarmos novos pensamentos, ideias, produtos, sociedades e empresas.

Se chegamos desde a fundação do mundo até aqui por mais de bilhões de anos, foi por que houve colaboração, co-criação e amor, fundamentos do ser humano que esquecemos e não podemos nunca esquecer.

Ás vezes escuto algumas coisas do tipo: Você é louco? Pô, se louco é querer mudar o mundo pra melhor, reinventar, imaginar o infinito, inovar, criar alternativas e fazer a diferença positiva, sou sim um Louco. Quero ser um doido varrido! Um lunático E obrigado pelo elogio.

Vamos imaginar o infinito, não é utopia é a Sociedade Alternativa.

Compartilhe