SXSW 2014 – Minha experiência parte I

O SXSW é o maior evento de tecnologia, música e filmes do mundo. Existe desde 1986 em Austin no Texas/EUA. Nos últimos 5 anos o tema tecnologia/empreendedorismo foi incluso. Austin é conhecida como a capital da música ao vivo. É super normal ver um show às 15h00 de jazz ou RAP por exemplo em um bar na 6ª Street ou na rua. Músicos de todos os estados da América ou mundo desejam tocar nesta cidade. Conviver com a arte 24h areja cabeças, inspira e transforma o espírito.
A diferenciação de Austin está pela combinação da ciência e da arte. São uns hipongas modernos. É uma explosão de criatividade. O Slogan da cidade é “Keep it weird” – “Mantenha isto estranho”. É o estilo de vida dos austinianos serem porra lokas. Eles não querem coxinhas e pessoas normais. Desde criança você aprende a ser estranho e inovador. É comum ver as crianças gritando pelas ruas “Weird” (Estranho). Outro fator diferencial é a auto-estima do Texano, é maior do que os demais estados. Para ter uma ideia, o capitólio deles e maior do que da Sede em Washington D.C – 17cm a mais, número cabalista com um significado pra eles. O símbolo deles é uma estrela grande, maior que o padrão da bandeira dos EUA e está estampado em todos os comércios. O pensamento deles é tipo assim: Somos quase um país separado. Somos maiores. Treta isso!!!

Apesar deste pensamento maior, o americano não depende do governo e não quer. O governo para ele é sua família e cada um corre atrás do seu. Por isso o voto não é obrigatório. Talvez o subprefeito da cidade seja mais importante do que o presidente para eles. No Brasil a dependência do estado é péssima.

Esta auto-estima é uma injeção pela busca da prosperidade, progresso e diferenciação. O resumo é, viver uma grande experiência. Precisa ir lá conhecer pra sentir o que estou falando. Empresas como DropBox, Facebook já estão indo para lá. A Dell e Wholy Foods nasceram lá.

Ah um detalhe importante! Faz parte da cultura do americano 1x por semana jantar com a família na mesa (pais e filhos) com a tv desligada em um momento familiar. Os pais falam para os filhos a vida é dura mas você vai ter que encarar e buscar sua prosperidade! Respeito, educação e relacionamento aprendem com a família e não na escola. No Brasil pensamos que é dever da Escola.

O que vi em Austin foi o comprovamento do meu pensamento. Estilo de vida! Não se faz uma coisa copiando apenas de livros ou de dicas de autores. Precisa ser seu estilo de vida. Você precisa viver o que acredita desde seu levantar pela manhã ao seu deitar pela noite. Inovação é assim. O cara que leu o método de inovação do autor fulano e aplica a cópia na empresa e acha que está inovando pra cacete é um idiota!
Quanto destes idiotas estão infiltrados nas empresas? Pior que a velocidade com que melhoram as coisas é extremamente lenta.

No Brasil o pensamento é pior: manter e não criar. É duro mas é isso! Manter dá menos trabalho e gasta menos. Olhem a maioria das empresas, instituições, partidos políticos etc…
Fora isso, os brasileiros adoram tirar vantagens sobre o outro e chamam isso de inteligência.

A desruptura gera gasto, exige coragem e renovação de modelos mentais (pessoas). Quem quer gastar e arriscar o pescoço? Nesse ritmo produzimos uma república da cagão.

Lucrar a qualquer custo do que lucrar mudando a vida das pessoas. É comum ver executivos aumentando o lucro cortando custos. Corta a cevada da cerveja e põe milho que é mais barato. Engorda as pessoas, mas e daí? É o caso da AMBEV. Por isso, estão surgindo cervejarias artesanais (startups) para ter outras opções.
Estes executivos serão premiados e ganharão seu bônus no final do ano. Que merda é trabalhar pelo dinheiro e não pela causa!

Bom ao longo destes dias irei postando alguns textos sobre algumas palestras que vi. Vai acompanhando aí a cobertura. “Mantenha-se sempre estranho” !!!!!!!!!

A Ciência e a Arte
Adam Savage – Co host Discovery Channel MythBusters


A ciência e a arte caminham juntos. Mesmo que não caminhassem juntas precisamos do estado da arte para colocar beleza, detalhes e o encantamento nas coisas.
Uma macarronada. Como fazemos uma bela macarronada?
O macarrão no pacote é um produto desidratado. Para tornar-se comestível ele precisa sofrer reações químicas através da quebra dos fios para ser adicionado na panela, e do contato do calor da água para amolecer. CIÊNCIA.
Após esta etapa é adicionado molho vermelho e queijo ralado com detalhes de manjericão como enfeite e sabor naquele ninho enrolado de macarrão. ARTE.
Futebol de Campo.
O jogador precisa gastar energia e deslocamento calculado em seus passes ou ataques contra o adversário. CIÊNCIA.
Os dribles são os detalhes para diferenciar a jogada, encantar os torcedores e fazer o gol. ARTE.
Adorei estes dois exemplos. É o mais puro design! Nós seres humanos precisamos de arte. Já imaginou um mundo sem música, cinema e teatro? Não seria um porre? As empresas precisam colocar a arte como estado em seus setores, atores e produtos. Como encantar clientes; Como criar produtos com design; como criar gestão com criatividade e etc…
É possível em tudo ter ciência e arte. Quem conseguir equilibrar os dois vence a jogada.

Compartilhe