SXSW 2014 – “O Futuro do Marketing: Advocacia”

Apresentado por Jim Larrison – Dynamic Signal

Para a surpresa do público o Slide principal de Jim Larrison mostra o seguinte: 70% das pessoas não acreditam em seus CEOs e Marketeiros. Então, qual a solução para a confiança? Deixe seus funcionários trabalharem com os clientes.

UAU!!!! Os “caras” do TOPO da pirâmide são quase todos desconfiáveis pelo público externo.

Qual o futuro do marketing?
Talvez esta foi uma das palestras mais concorridas pois, todos querem reter e atrair novos clientes.

Vamos lá para o resumo da ópera com estes insights:

Quem acredita ou é influenciado ainda por propagandas? 76% não acreditam em propagandas!
Eu Maurílio não acredito. Prefiro ler ou escutar as opiniões e experiências de outros usuários.

Propagandas só funcionam com orçamentos gigantescos onde se atacam em todos os canais de mídias. Quem tem estes orçamentos são as Mega Empresas ou Multinacionais que deixam muito confortável os seus marketeiros.
Ainda mesmo assim, estas empresas perdem share e o consumidor não toma uma decisão 100% baseado na propaganda.

Quem se lembra da propaganda da TV?
Pop Up do site?
Anúncio do Rádio?
Panfleto do farol?
Etc… ??? Desafio a achar uma parcela convincente.

O mais doído é o Diretor da Agência Pica de Publicidade apresentar o relatório dizendo que a conversão do investimento nos canais tradicionais de mídia converterem em 50% o aumento das vendas! Tem bobo que acredita !!
A não ser um produto novo ou uma campanha de lançamento. Por ser novo, este investimento justifica a conversão.

Mais uma vez, qual a solução? ADVOCACIA!
Faça seus funcionários advogados da sua marca. Forme uma legião de fãns primeiro em casa!
Tem algo de novo nisso? Não, mas por que não investir em marketing voltado aos funcionários? Qual empresa faz isso?
Isso não significa comprá-los com benefícios, bônus, ou demais incentivos pessoais. Significa tê-los como fiéis a causa e qualidade da empresa.

Suponhamos que você tem 1.000 funcionários. Você tem que acreditar que tem 1.000 consumidores fiéis já. Eles não comprarão dos seus concorrentes e ainda indicarão para os outros.
Estes 1.000 funcionários tem filhos, parentes e amigos. Além disso, facebook, Instagram, Twitter, Youtube ….
Se cada funcionário fãn ter o prazer e orgulho de dizer nas mídias sociais e hall social que os produtos são os melhores, a causa é a melhor, a empresa é a melhor pelo menos 100.000 pessoas já serão impactadas no mínimo.

Tem que dar a liberdade e assinar mesmo: “Eu Fulano – Office boy indico o produto (x), a empresa, tudo !!! Isso no ambiente da empresa e fora. Dê voz e o palco a eles. Assim terá com você 1.000 advogados e não funcionários.
Existem empresas que não deixam os funcionários acessarem dos seus computadores facebooks, email, twitter e etc…
TIRANOSSUAROS REX ! Como vai fazer com que eles engajem a empresa na rede social? De casa? Burros!!

Os clientes querem saber dos funcionários o que eles estão dizendo na web.
Não adianta ter em seu Facebook por exemplo 1.000.000 fãns e apenas 1% comentam seus posts.
O engajamento começa interno. Você pode patrocinar links e display para engajar novos fãns mas antes já tem que sair na rua com os advogados internos já engajados.

Todo funcionário tem que ser visto como um vendedor! Porra, a hierarquia separou a classe de vendedores em equipes e acham que levando-os em convenções em Angra dos Reis sairão motivados a sozinhos alcançarão os resultados!! VELHO MARKETING! DINOSSAUROSS !!!

Veja estas dicas que os advogados internos podem fazer:

“Por exemplo, “Conteúdo espalhado pelos funcionários tem 76% mais cliques do que o mesmo conteúdo espalhado pelo marketing da empresa!!!”

2. Compartilhar os posts do blog da sua empresa na sua rede de contatos;
3. Distribuir os convites de eventos que a sua empresa faz;
4. Escrever comentários no próprio blog da empresa ou em blog de terceiros;
5. Participar de grupos de discussão onde você encontra influenciadores da sua indústria;
6. Indicar pessoas para trabalhar na empresa;
7. Dar feedbacks de mercado para área de marketing e vendas da sua empresa. ” (RJM)

Agora você tem que ter em mente que o cliente externo quer ser reconhecido, elogiado… Conversa com ele. Agradeça a ele pela preferência. Ele é um ser humano e não um número da Nielsen ou dos relatórios de vendas interno!
Trate-os como filhos! Converse, namore, não faça propagandas!

Enfim, é o fim do marketing tradicional!!!
Você pode não concordar e achar que ainda a velha propaganda vai lavar a mente das pessoas. Problema seu, aguarde os concorrentes e startups!!

Compartilhe