A “alma” do negócio

Negócios são feitos para mudar o mundo!
Todo negócio tem um fim social e nossas vidas estão ligadas 100% aos negócios. Quando levantamos pela manhã e nos vestimos, nos iluminamos, usamos transporte de locomoção, usamos computador, almoçamos, jantamos e dormimos em um colchão. Todas estas ações passam por alguém que fez um negócio para nos ajudar.

Claro tem negócios para o bem e para o mal, mas ambos vão impactar em algo e alguém.
No Brasil, ainda a mentalidade de alguns é curta com relação a isso, o desejo é abrir um negócio para ganhar dinheiro, sobreviver ou não ter chefe, por isso, nosso nível de inovação é relativamente baixa.

As escolas de administração ensinam que as empresas precisam ter uma missão e valores.

Eu reescrevo esta missão por uma CAUSA. Por qual causa eu quero lutar? A causa é uma indignação nobre. Toda causa nasce de uma indignação onde nos propomos a mudar.

A Causa de Martin Luther King Jr foi a “igualdade para os negros”!

A causa do Google é “Disponibilizar todos os tipos de informações possíveis para todas as pessoas”. Pô, você tem um site de busca de informações onde qualquer pessoa independente de classe social, raça ou cultura pode buscar, entender e aprender gratuitamente! Tem e-mail gratuito e outras ferramentas.

A causa da TOM SHOES é “Ajudar a calçar todas as crianças carentes possíveis do mundo”. Como se faz isso? A cada um par de sapatos que você compra deles, eles doam um para uma criança carente. Detalhe, não são eles que doam, mas o cliente que compra. O cliente recebe um gift card para ele escolher a pessoa e fazer a boa ação.

A causa da Nestlé pelo seu fundador Henry Nestlé foi “Ajudar a combater a desnutrição infantil que assolava a Suiça”.

Por aí vai… Sacou? Grandes empresas nascem através de grandes causas.
A causa é a alma do negócio. Esta alma se torna imortalizada adotada pela compra de seus funcionários e clientes por anos e anos.

Porra, detesto quando falam “O Marketing” é a alma do negócio! Que marketing nada. Essa metáfora dá a entender que é uma venda de “Ilusão”, “estória”, “uma comunicação comercial” e não é isso.
Alma é o lugar onde habita o espírito! Corpo-Alma-Espírito.

Para os funcionários depositaram suas almas no negócio, se sentirem motivados, usarem seus talentos e contribuir para o crescimento orgânico da empresa, precisam comprar a nobreza da causa.
“Estou aqui pela causa de ajudar….” Então não verá como emprego mas um trabalho!

Fica a dica para as startups e você que quer empreender! Negócios são feitos para mudar o mundo! Qual sua causa?

Compartilhe