#Dica10 Não se apaixone. Faz mal!

Bom, hoje encerro a série #10Dicas para iniciar uma startup.
Sempre vejo depoimentos de pessoas dizendo “Sou apaixonado pelo meu trabalho”, “O segredo é ser apaixonado pelo que faz”.
Não se apaixone, a paixão faz mal em todos os sentidos da vida.

Vamos ver o significado de paixão pelo Wikipédia: é um termo aplicado a um sentimento muito forte em relação a uma pessoa, objeto ou tema. A paixão é uma emoção intensa convincente, um entusiasmo ou um desejo sobre qualquer coisa.

Até aqui beleza, muito bom! “…qualquer dificuldade para atingir essa plenitude pode trazer grande tristeza pois o apaixonado só se vê feliz ao conseguir o objeto de sua paixão. A paixão é uma patologia amorosa, um superlativo fantasioso da realidade sobre o outro, tendo em vista que o indivíduo apaixonado se funde no outro, ou seja, perde a sua individualidade, que só é resgatada quando na presença do outro. Com o passar do tempo, essa intensidade de fusão vai se esvaindo, tendo em vista que a paixão é uma idealização mítica do outro.”

Ainda não se convenceu? Machadada Final: “…Existem pesquisas científicas nesse âmbito, que mostram que a paixão, apesar de intensa e arrebatadora, é um sentimento passageiro. Estima-se que a mesma não dure por mais de quatro anos.”

O apaixonado é individualista.
O apaixonado não sabe ouvir, não gosta de conselhos contrários.
O apaixonado fica cego e se torna uma pessoa destrutível para preservar aquilo que acha que vai perder ou quer ganhar.
O apaixonado só vê o seu benefício próprio, é dificil considerar o outro.
O apaixonado sofre.
O apaixonado tem um tempo determinado para perder seu encanto.

Não seja apaixonado pelo que faz! AME, o amor é o sentimento mais puro e nobre de uma pessoa.
O amor é coletivo.
O amor sabe ouvir e compreender.
O amor em tudo suporta.
O amor vence o mal.
O amor contagia as pessoas. Inspira felicidade, compaixão e bondade.
O amor não tem guerra.
O amor edifica.
O amor cresce e pode até dimunuir mas nunca será passageiro.
No amor são sonhos reais e não fantasiosos como a paixão.

O amor é a última aposta da vida segundo o Biólogo Humberto Maturana.

Faça as coisas com AMOR! AME o seu trabalho, AME o benefício que o seu trabalho irá gerar para a outra pessoa, AME as pessoas, AME o planeta que você vive, não destrua-o, AME as crianças pois são o futuro, AME os animais, AME sua ideia que pode mudar o MUNDO!

John Lennon, Martin Luther King, Mahatma Gandhi, Nelson Mandela, não foram homens apaixonados. Mas homens que amaram!
Por isso fizeram a diferença positiva!

Fica aqui a última dica empreendedora e uma música para você aprender a cada dia mais amar!

Compartilhe