Ideia (5%) Execução (95%) = Negócio

Uma percepção equivocada que ocorre nos novos ou aspirantes empreendedores é que a ideia perfeita é a atração para os investidores. Eu preciso ter uma grande ideia!
Por mais que você tenha uma ideia desruptiva, na prática verás que ela representa 5% do negócio e que a execução dela são os outros 95%. Por isso, o fator determinante da análise do investidor está na pessoa, no time, em quem vai executar o negócio.

Esta visão em cima do produto causa também uma cegueira na inovação. Uma coisa é inovação de produto outra é a inovação do modelo de negócio.
A maioria dos empreendedores estão gastando a energia apenas nos benefícios do produto e esquecendo de criar possibilidades no negócio seja na maneira de vender, comunicar, entregar e se relacionar.
As vezes o calcanhar de aquiles ou a vantagem competitiva está mais no modelo do que no produto.

A melhor definição que vi do conceito de Start-Up é que ela representa uma fase. Fase de investigação e hipóteses.
Após esgotar as hipóteses desta fase e chegar a uma conclusão você está preparado para se considerar um negócio.
Se é uma fase de teste, você deve testar todas as ideia e meios possíveis do modelo para poder escalar.
Existe um tempo para esta fase? Não, mas você percebe que já não é uma fase quando a escalabilidade começa a elevar dentro da hipótese testada e aprovada pelo mercado.

Bom, se a execução é o importante, quem é o seu time?
A seleção brasileira na sua individualidade tinha o melhor time da Copa do Mundo de 2014, e assim, perdeu de 7×1 da Alemanha.
A cultura da start-up é um ouro não só pela agilidade que ela permite, mas pela construção do time. Você consegue entender a diferença entre homens e meninos no dia-a-dia.
Você deve atrair e perceber quem do time está pela causa e propósito do que pela promessa de ganhos financeiros no futuro.
O desejo do ganho financeiro não sustenta ninguém na crise e adversidades.
Se acertar o time nesta fase, esse time vai ganhar os próximos campeonatos invicto.

A gestão participativa é a administração melhor comprovada. Fazer junto e dar autonomia aos atores.

Enfim, quanto mais claro ficar a execução para o investidor mais chances você terá de receber aporte!

Compartilhe
Tags:  ,