Category Redes Sociais

A crise moral dos grupos – Resista a pertencê-los.

Há 3 anos atrás escrevi muito sobre Redes x Grupos Hierárquicos. Volto com esse assunto pelo momento atual da sociedade brasileira. A crise moral dos grupos políticos, empresariais, movimentos sociais e etc…
Resumindo a diferença do desenho gráfico comparativo de Paul Baran abaixo é:

Grafico de Paul Baran

a) Redes: Não tem líderes, é autônoma, forma clusters de aprendizagens, tem interação constante, múltiplos caminhos, maiores opções de escolhas e poder distribuído. Você se conecta a todos.

b) Grupos Hierárquicos: Tem um líder, poder descentralizado, comando e controle, um conjunto de regras, um caminho e uma cartilha a seguir. Você não se conecta a todos, apenas os que tem poderes.

O que são grupos: Partidos políticos, ong´s, sindicatos, movimentos sociais, empresariais, religião etc&#...

Read More

Aproveite a World Cup no Brasil para fazer networking

Entre trancos e barrancos a Copa está acontecendo aqui no Brasil e está bem legal.
Tenho frequentado em São Paulo bares e outros eventos nas regiões da Vila Madalena, Centro, Paulista e a interação com os estrangeiros e receptividade está a cara do Brasil e eles estão curtindo muito.

Aproveite estas interações para conhecer pessoas e fazer negócios.
Tem gente do mundo todo, alguém pode ser ou conhecer algum investidor, empresário, startup, profissional etc…

Meu, está no nosso quintal sem precisar “pagar” nada! Não fica na Rede Glóbulo vendo o Galvão falar besteira. A Copa é na rua!
Mesmo se não dominar o idioma, chega junto, faz mímica, eles adoram isso…é festa!

Dicas.

#1CartãodeVisitas: Faça uma versão de cartão em inglês com suas mídias sociais e skype...

Read More

Por que as empresas devem aprender com as manifestações

O que vimos e ainda estamos vendo sobre as manifestações não é um “O Brasil agora acordou” ou “Agora tomamos consciência coletiva”. O que houve foi um swarming (enxamento, efeitos da rede a partir de interações – ocorre em sociedades altamente conectadas).

Este mesmo efeito ocorreu em Madrid em 2004 e na Primavera Árabe em 2012.

COMO FUNCIONA?

A sociedade está cada vez mais ficando mais em rede distribuída e menos centralizada. Isso significa que as pessoas estão interagindo mais e consequentemente quando há interação, há compartilhamento de informações, ideias, pensamento e a partir daí surgem novos conhecimentos e novos comportamentos.
A internet tem sido a principal ferramenta nos últimos anos de conexão entre as pessoas...

Read More

É só o Custo Brasil? A competitividade do conhecimento

Já não podemos mais remedir a transição das organizações de descentralizada para Rede. É questão de sobrevivência.
Quando falamos de sobrevivência das empresas, os empresários brasileiros só pensam no Custo Brasil (Infra, Burocracia, Juros, Logística, etc..) que é muito caro hoje no Brasil para as empresas competirem em relação aos outros países, mas esquecem da especialização do know how do conhecimento. “Menos materiais e mais Imaginação”. Esta competitividade não depende do Custo Brasil.
E este é um processo orgânico da própria sociedade.

Entendendo a Cultura dos Velinhos

A 2ª Revolução Industrial criou a seguinte ciência que é usada até hoje por 99% das empresas.

Taylorismo: Divisão das tarefas; Aumentar a produtividade pela repetição e especialização...

Read More

Empreendedor – Networking ou Netweaving ?

Existe até livros que ensinam como conhecer gente, trocar cartão, marcar almoço/jantar e formar uma rede forte de relacionamento, o famoso networking.

Vou mostrar a você empreendedor que nesta nova onda de hiperconectividade você deve aprender a reaprender o seu pensamento sobre as relações sociais.

“Os analfabetos do século 21 não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender.” Alvin Toffler

Networking: Em termos a tradução é “rede de trabalho”. Quanto maior sua rede de trabalho, mais possibilidades você terá de colocação no mercado e de oportunidades de portas abertas para determinados fins, ou seja, a rede trabalha pra você.
Sem hesitar é uma rede comercial e de interesses pessoais.
Aqui pessoas são ati...

Read More

O passo antes para aplicação da Gestão Colaborativa

Quando falamos que o problema do Brasil está na base, ou seja, na educação básica (crianças e jovens) queremos dizer que para o cidadão votar certo (tomar decisão – adulto) não é o meio (partidos e políticos) que devemos focar para mudar primeiro, mas sim no pensamento reflexivo das crianças e jovens em formação (Educação).
Um passo antes para compreender e gerar o impacto!

Este mesmo pensamento de didática refere-se também para qualquer implementação de modelo ou ferramenta inovadora para quebra de paradigma nas organizações. Existe um passo antes! Descobrir a causa para depois pontuar a consequência.

Ciência em Redes – Acupuntura para aplicação da Gestão Colaborativa
Imagina uma organização com aproximadamente 30 anos de existência, modelo tradicional e tecnici...

Read More

Quer criar uma Empresa em Rede? DESOBEDEÇA.

Esta semana fiquei me perguntando, quais os principais percalços de resistência da construção de uma empresa em rede?
Me peguei nesta linha de raciocínio.

A matemática como uma ciência exata diz que “A ordem dos fatores não altera o produto” (2×3=6; 3×2=6; 2+3=5; 3+2=5), ou seja, independente da POSIÇÃO ou ORDEM do número, o resultado vai ser o mesmo.

Agora nas ciências humanas “A ordem dos fatores ALTERA o produto”.
Por quê?

Mudar a POSIÇÃO (pessoa) da cadeia hierárquica afeta os resultados em uma sociedade que foi criada e hoje é 99% descentralizada.
Tem gente que não vive sem a verticalização. A horizontalização representa o mesmo nível que os demais, isso é péssimo! Mas e o sobrenome da família? Meus canudos de estudo? Minha indicação pelo fodástico?
Fomo...

Read More

O Lado Oculto das Conexões das Redes Sociais

Este lado oculto das conexões da rede vou dividir em dois momentos ilustrativos: A influência e a autoridade.

Influência
A influência oculta das redes sociais ocorre pela identificação dos mesmos perfis, emocional, psíquica, e etc… ou seja, pelos diferentes graus de influência. A teoria diz que temos até 6 graus de separação.
A rede social é complexa, onipresente, onisciente e afeta nossas conexões diretamente ou indiretamente como por exemplo uma morte familiar ou problemas de saúde como a obesidade.

NICHOLAS CHRISTAKIS é um Profº Phd em Sociologia Médica de Harvard e estadunidense.
Seu objeto de estudo é analisar especificadamente a forma como problemas de saúde, deficiência, comportamentos de saúde, cuidados da saúde, e a morte de uma pessoa pode influenciar os mesmos ...

Read More