Inspiração tagged posts

As 2 falhas do (BMC) Business Model Canvas

O Business Model Canvas (BMC) é uma metodologia de criação de modelos de negócios baseado na Criação de Valor. Se popularizou muito rápido no mundo principalmente entre as start-ups e também no universo corporativo.
Para alguns críticos ele deveria contemplar antes de começar segmentando os clientes, os problemas identificados e que sustentam a ideia de uma solução ou proposta de valor.
Do outro lado, eu só segmento meus clientes quando eu sei quem eles são! Não pelo que eu acho que são, mas por fatos que comprovem esta segmentação. O desenvolvimento de clientes deveria ser um bloco anterior a segmentação.

O Prof Indiano Ash Maurya, Autor do livro: Lean Canvas propõe utilizar o (BMC) após se ter a certeza do negócio e mercado...

Read More

Abre a boca! Vai conversar.

No passado quando empreendi no setor de serviços de marketing não fui tão assertivo em vários aspectos do negócio. Essas deficiências poderiam ter sidos resolvidas ou esclarecidas, se tivesse uma atitude, pedir conselhos a outros empreendedores, executivos e professores. O famoso mentoring.

Hoje eu empreendendo uma startup de alimentos, tenho como esta principal lição e “valor percebido”, quão é importante você contar sua ideia e negócio para várias pessoas, pedindo críticas e conselhos. Estes conselhos, trocas de experiências e visão, são mais importantes que as teorias dos livros ou o desenho acadêmico do plano de negócio.

Ah, mas o cara vai roubar minha ideia? Talvez, mas a resposta é mais negativa.
Se você não contar a ninguém, ninguém poderá te ajudar ou financiar...

Read More

A beleza mora lá também

Não foi fácil compreender a morte de Rubem Alves.
Conheci este escritor e pensador maravilhoso através dos Podcasts do Luciano Pires.
A partir daí, mergulhei de corpo e alma em suas obras.
Educador, psicanalista, pastor protestante, escritor, Rubem Alves tinha uma causa nobre “Por uma educação mais romântica”.

Sua visão não era uma educação de aprender português e matemática com mais eficiência, mas a de desenvolver pessoas melhores para um mundo melhor.

SOBRE OS CANÁRIOS E SABIÁS
“Canários são lindos, agradáveis e cantam maravilhosamente bem. Mas apenas em gaiolas. Já os sabiás, não são tão belos e não cantam tão maravilhosamente bem. Mas voam livremente de árvore em árvore.”

Este foi o primeiro e pensamento que Rubem Alves me fez mudar de vida...

Read More

Jiu-Jitsu para Negócios

Rorion Gracie
Legenda: Esquerda (José Eduardo Mendes Camargo, Empresário formado por Hélio Gracie) e Direita (GM Rorion Gracie, Criador do UFC e Filho mais velho do GM Hélio Gracie)

Quando fui atraído em conhecer mais sobre o Jiu-Jitsu, eu tinha 15 anos e foi assistindo o Royce Gracie com 1,85m e cerca de 77Kg vencendo adversários com mais de 30Kg que ele no UFC e pelo seguinte depoimento do Grande Mestre Hélio Gracie, criador do Jiu-Jitsu Brasileiro:

“O jiu-jitsu que criei foi para dar chances ao mais fraco para vencer o mais forte. É a inteligência acima da força bruta. Quando você adquire esta confiança, você se torna mais tolerante e compreende a inferioridade dos outros e não tem a preocupação de mostrar e nem explorar isso.”

Com esta técnica GM Hélio Gracie com 60kg desafiou e ve...

Read More

Rainforest – Criando a Cultura do Vale do Silício no seu Negócio

20140428_144230

“Não é o local do Vale do Silício que é o diferencial, mas o Estado Mental das pessoas.” Victor Hwang Ceo da T2 Venture Capital

Foi fodástica a apresentação do Victor Hwang com o título: The Rainforest-The Secret to Building the Next Silicon Valley no 14º Congresso da ANPEI que se encerrou hoje.
Esse cara é um Chinês que estudou política e ciências da computação em Harvard. Além de CEO da T2 Venture Capital, também é Diretor Executivo do Global Innovation Summit. No começo anunciaram: “O Sr. Victor não responderá perguntas da platéia.” Pensei, que FDP mala!
No final ele falou, não vou responder perguntas porque logo mais não estarei mais com vocês. Então o importante é que vocês interajam entre vocês e busquem suas mudanças...

Read More

A “alma” do negócio

Negócios são feitos para mudar o mundo!
Todo negócio tem um fim social e nossas vidas estão ligadas 100% aos negócios. Quando levantamos pela manhã e nos vestimos, nos iluminamos, usamos transporte de locomoção, usamos computador, almoçamos, jantamos e dormimos em um colchão. Todas estas ações passam por alguém que fez um negócio para nos ajudar.

Claro tem negócios para o bem e para o mal, mas ambos vão impactar em algo e alguém.
No Brasil, ainda a mentalidade de alguns é curta com relação a isso, o desejo é abrir um negócio para ganhar dinheiro, sobreviver ou não ter chefe, por isso, nosso nível de inovação é relativamente baixa.

As escolas de administração ensinam que as empresas precisam ter uma missão e valores.

Eu reescrevo esta missão por uma CAUSA...

Read More

Combinação Híbrida – Tendência Mundial no Empreendedorismo

A primeira tendência de classe mundial que as startups precisam se enquadrar é criar negócios globais.
A ideia de criar um business apenas para o mercado local implicando em toda sua cultura e branding organizacional já não faz parte da nova ordem mundial.
Nos EUA está na veia você conhecer um empreendedor e ele te perguntar: – Como vendo meu produto/serviço no seu país? Quer ser meu partner? Me passa dados do seu mercado?

Ao startar um novo business as perguntas e respostas que deve passar a considerar são:
1) Este produto/serviço tem potencial para outros mercados? Quais? Por quê?
2) Minha marca está em patamar global?
3) Como me conecto em novos mercados e com novos parceiros?

Sacou? Este exercício deve fazer parte do seu BUSINESS MODEL CANVAS ou Plano de Negócios!

A seg...

Read More

Não se faz inovação na operação

hiRead More